Função da Psicologia Jurídica

sociedade justiça

Você sabe o que é psicologia jurídica? Conhecido também como psicologia forense, esse campo de estudo está intimamente relacionado ao Direito e é responsável pelo estudo do comportamento do homem com relação à justiça, realizando estudos sociojurídicos dos crimes e avaliações da saúde mental e da personalidade do indivíduo.

O psicólogo jurídico atua no planejamento e na execução de políticas dos direitos humanos e na prevenção da violência e deve repassar dados psicológicos aos juristas e auxiliar pessoas que necessitem dessa intervenção. Para exercer essas funções, o profissional precisa ser capaz de avaliar as condições intelectuais e emocionais de adultos, crianças e adolescentes envolvidos em processos jurídicos a fim de determinar a responsabilidade legal por atos criminosos. Além disso, deve saber identificar casos de insanidade e deficiência mental e estar preparado para trabalhar em casos de espólios contestados e de aceitação em lares adotivos, verificando a possibilidade de adoção e guarda dos responsáveis.

Como perito judicial, precisa ter capacidade de elaborar pareceres, perícias e laudos que serão anexados aos processos. Pode orientar ainda a administração e outros responsáveis do sistema penitenciário para estabelecer tarefas educativas e profissionais aos detentos e realizar atendimento psicológico, fornecendo diagnósticos na Vara de Família.

Outras possibilidades de atuação do psicólogo jurídico são a orientação de casais que desejam dar entrada nupcial da petição ou em audiências de conciliação; pesquisas e programas de prevenção à violência; avaliação de periculosidade e outros exames no sistema penitenciário, como pedidos de benefícios e condicional; e auxílio a juizados na avaliação e na assistência psicológica tanto de menores quanto de seus familiares, encaminhando-os à terapia, caso seja necessário.

Como essa ampla área de atuação, o mercado de trabalho nesse ramo é promissor e oferece uma boa remuneração. Os psicólogos que desejam trabalhar nesse segmento devem sempre manter-se atualizados e procurar cursos de especialização para aprimorar seus conhecimentos. Um exemplo é o Curso de Psicologia Jurídica a distância oferecido pelo portal Capacitação EAD, uma ótima alternativa para quem quer estudar sem sair de casa e no tempo que tiver disponível. O conteúdo programático inclui matérias como psicologia jurídica; vitimologia; psicologia do testemunho; psicólogo forense; direito da família, separação e divórcio; disputa de guarda e processos de adoção; processos trabalhistas; direito penal e menores infratores. O aluno pode escolher a carga horária que desejar, que vai de 20h a 200h, e o valor do curso depende dessa carga.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta